domingo, 11 de setembro de 2011

O que acontece quando abraçamos alguem?


O olhar de amigo alegra ao coração; as boas-novas fortalecem até os ossos. Prov.15.30



Amizades são uma parte importante da nossa vida. Em famílias, no local do trabalho e igrejas criamos laços de amizade. Precisamos compartilhar a vida com outras pessoas. Sozinho não dá!

Vivemos num mundo cheio de agitações. Com isso nos esquecemos de que temos pessoas ao nosso lado precisando de uma palavra amiga e, às vezes de um abraço. Quem sabe, vc mesmo que lê esta reflexão.

Quando abraçamos alguém, ocorre no nosso organismo algumas transformações benéficas para a nossa saúde. O abraço pode nos ajudar a sair da depressão e também ajuda o sistema imunológico do nosso organismo. Quando uma pessoa é tocada a quantidade de hemoglobina no sangue aumenta bastante. A hemoglobina é parte do sangue que carrega o oxigênio para todos os órgãos do corpo, incluindo o coração e o cérebro. Um aumento de hemoglobina harmoniza seu corpo inteiro, e assim ajuda a prevenir doenças.

Outra benção do abraço esta na liberação de serotonina, substância química do cérebro responsável pela sensação de bem-estar, também reduz os níveis de cortisol, hormônio do estresse, o que pode aumentar a imunidade. E ainda liberamos a endorfina que é o hormônio que nos alegra e nos deixa mais bonitos.

Então chegamos à conclusão que o abraço é milagroso. Pode nos ajudar a viver mais tempo, proteger-nos contra doenças, curar a depressão, fortificar os laços afetivos. O abraço diminui a depressão e revigora o sistema imunológico.

Recentemente li sobre uma pesquisa muito interessante de uma psicóloga americana, dizendo que você precisa de quatro abraços por dia para sobreviver, oito abraços para manter-se vivo e doze abraços por dia para prosperar.

E para finalizar o que é mais lindo, é que esse remédio não tem contraindicação e não há maneira de dá-lo sem ganhá-lo de volta.

E a propósito você já abraçou alguém hoje?
Postado por Ap. Alexandre Macedo às 7:45 AM
Enviar por e-mail BlogThis! Compartilhar no Twitter Compartilhar no Facebook Compartilhar no orkut Compartilhar no Google Buzz

5 comentários:

Denise Malafaia Cerqueira disse...

Ah...como é bom um abraço mesmo!
Gosto muito de abraçar as pessoas.
As pessoas que abraço costumam dizer o quanto é bom quando as abraço. Costumo mesmo dar aquele caloroso abraço terapêutico, pois sei o quanto isso é bom.
Li um livro uma vez que falava sobre a terapia do toque suave, é a mesma coisa do abraço, só que é u toque suave. Podemos abraçar forte, mas com suavidade, isto é reconfortante e trás renovo.
Boa esta postagem, Marli.
Seja abençoada e um abraço bem forte, mas com aquele toque de suavidade pra você!
Shalom!

Meiry Mel disse...

amei seu blog...estou te seguindo, quando puder me visite tbem..."o segredo é orar "..bjos

Soy Celeste disse...

Es verdad, Marli. Cuando mi padre murió lo único que recuerdo son dos abrazos que me dieron dos personas. Lo que me dijeron -ese día- no lo recuerdo. Muy bueno tu post. Yo siempre cuando estoy escribiendo me despido así: Un abrazo.

JUAN ROSHBALAM CHILAM disse...

UN GRAN ABRAZO PARA TI....de mi parte.

Gabriela disse...

O abraço é sempre uma terapia para nossa aflição. Um dia estava na igreja e durante o louvor vi Jesus abraçado a um menino e por um isntante dentro de mim desejei ser aquele menino, no fim do culto a bispa veio até mim e disse: Sinta filha esse meu abraço..lindooooooooo é realmente um remedio que Deus deixou na terra para os homens darem uns aos outros e de graça. beijinhus querida
www.apaixonandovoce.blogspot.com